Início Login Geo-Systems Cad Studio Autodesk
News
3 Dicas Sobre a Arte Diária para Inovação em Engenharia Civil

Inovação é uma palavra que é atirada para todo lado de forma frequente nos dias de hoje, mas ter uma inovação de verdade não significa ter que reinventar a roda – ou vir seguida da próxima grande maravilha do mundo.

Na Engenharia civil as praticas evoluíram para incorporar materiais fora dos padrões, responder as preocupações sobre sustentabilidade e impactos do meio ambiente, e fazer total uso das novas e existentes tecnologias. Um compromisso com a inovação diária ajuda os engenheiros a alcançar metas ambiciosas.

Pensamentos na engenharia civil, de líderes, compartilham semelhanças em seus processos de inovação — através de variados organismos, projetos e abordagens. O assessor de BIM, Cristian Otter lidera um time de seis pessoas focado na inovação do Geonius, uma firma interdisciplinar de Engenharia localizada em Utrecht, na Holanda. Ele cita a vantagem de usar modelos, uma prática recente que está fazendo a diferença na empresa.

Ishka Voiculescu— um gerente de BIM/CAD no departamento de Obras Publicas (Public Works Department) da cidade de Austin, Texas — introduziu novas ferramentas como drones para capturar imagens e produzir melhores dados cívicos para todas as partes interessadas.

E Matt Wunch, um gerente BIM no BVH Integrated Services (Uma empresa de engenharia de consultoria baseada na Nova Inglaterra), recentemente adicionou uma renderizações panorâmicas de 360 ​​graus para a caixa de ferramentas da empresa. “Eu chamo isso de ‘realidade virtual de uma pessoa pobre’, como isto fica apenas em uma unica posição, mas isto faz uma grande diferença para nós,” ele disse. “A habilidade de um comprador ou cliente em ver algo em 3D elimina muita questões do tipo ‘o que é isso?’, e coloca o foco em algo que realmente importa.”
Então como esses engenherios  fazem da inovação algo regular —até mesmo esperado— parte do trabalho? Eles fazem disto uma prioridade todos os dias, com fotografias e ferramentas incrementais.
1. A inovação é frequente na ferramenta que você tem?
Wunch é uma das 5 pessoas nos Estados Unidos a obter a certificação de Revit Profissional em MEP Mecânica, MEP Elétrica, Estrutural e Arquitetura. Mas ele continua buscando novas ferramentas e funcionalidades, assim como foi no caso com a sua descoberta das fotos panorâmicas em 360 graus em quanto era voluntario no ACE Mentoring after-school program.
“Basicamente, eu estava mexendo no [Autodesk] Infraworks, brincando nos menus e tentando coisas diferentes na realidade virtual oferecida, quando eu percebi que este tipo de vista deve ser melhor do que aquela que estamos acostumados a fazer” ele disse, isto é, em vez de ter algo flutuando em uma tela em branco, eu vou ter o edifício dentro de um contexto urbano.
A curiosidade dele valeu a pena e tornou mais fácil de comunicar as ideias. “É um caminho rápido, para gerar uma uma vista imersiva que podemos compartilhar.” Diz ele. “Clientes e contratantes realmente gostam disto, e isto facilitou nossas vidas.”
Do mesmo modo, Voiculescu usou a tecnologia VANT para mostrar sua ideia às pessoas que eventualmente serão seus usuários finais. “Nós estamos usando [VANTs] principalmente para construir e realçar nossos dados 3D GIS de modelos com fotorealidade, e o público e outras partes interessadas gostaram muito dos resultados,” ele disse. Voiculescu também pretende conhecer as ferramentas do software que ele usa dentro e fora – mesmo focando na customização. “Depois de tudo, se nós já temos estas ferramentas, faz sentido conseguir tudo que podemos dele,” ele disse, já que ele possui a AEC Collection e o Infraworks faz parte desta coleção.
Otter também achou modos para usar as ferramentas para construir modelos abrangentes, em vez de procurar novas soluções. “Nós estivemos prontos para trazer informações geotécnicas e camadas GIS, basicamente olhando a capacidade do software de projeto que nós estamos usando”.
Todos os três engenheiros consideram mídia social parte do conjunto de ferramentas para informação e inspiração. “Através de compartilhamentos no Facebook, eu achei algumas coisas legais de engenharia civil que eu não teria pensado”, disse Voiculescu. “Que tal converter essas hidrantes feios de incêndio vermelhos em arte de rua pintando para parecer polvos? Em consonância com um dos provérbios sobre Austin— ‘Keep Austin Weird’— Isto pode dar certo".
2. Saia do escritório (se mova)
“Você precisa de ter alguma inspiração para ficar se renovando, “Otter disse. “Isto porque nosso departamento também tem projetos atuais— além do nosso foco na inovação— e porque eu faço disto um habito de visitor sites de empregos e conversar com os contratantes.”
Tomando uma abordagem tech-savvy para visitar sites de trabalho tem sido fundamental para Otter para saber o que as pessoas estão falando. “Agora estamos usando modelos integrados para fins de comunicação e informação, bem como projeto”, diz ele. “Isso realmente ajuda o nosso trabalho com os contratados, e até mesmo distribuir tablets para os contratantes, para que todos estarem trabalhando com o mesmo modelo e comunicar de forma mais eficiente.”
“Nós temos que inovar; projetos aqui [na Holanda] são complexos e vitais, e a tecnologia que nós usamos tem que ser progressiva e efetiva.”—Cristian Otter, BIM conselheiro de Geonius 
Assistir a conferencias também inspira momentos de “eureka”. “Eu gosto de ver como as coisas são feitas na America, então Autodesk University é uma boa para mim,” diz Otter. “Há sempre muitas pessoas inteligentes em volta, e assim eu aprendo com elas e elas comigo.”
Enquanto isso, Otter e Wunch veem exercícios e vida ao ar livre como um bom caminho para renovar e dar á eles a atenção plena que eles precisam para inovar  ao invés de manter o padrão do status quo.
Para Voiculescu, férias são um bom reset, assim como uma ótima fonte de ideias. “Quando eu vou para outras cidades, eu procuro por características de engenharia que pode não ser perceptível aos olhos da maioria dos turistas,” ele explica. “Por exemplo, procuro maneiras inovadoras em que outras cidades projetam e usam suas rampas, calçadas e ciclovias, e eu tomo nota delas então quando eu voltar para o escritório, os outros engenheiros e eu podemos olhar para isso. Quem sabe o que pode se desenvolver?
3. Mantenha um Sentido de Missão
Ter uma missão mais ampla cria o foco necessário para que idéias inovadoras sejam eficazes – uma razão pela qual as empresas que se identificam como “orientadas por objetivos” tendem a ser mensuravelmente mais bem-sucedidas.
Manter pessoas seguras é prioridade número um do trabalho de um engenheiro. “ Aqui na Holanda, nós somos um pequeno e lotado país, e  dois terços de nós estamos abaixo do nível do mar se os diques não segurarem,” diz Otter. “O que realmente tem um foco no nosso trabalho e nos lembra a importância do que nós fazemos como engenheiros. Nós temos que inovar; projetos aqui são  complexos e vitais, e a tecnologia que nós usamos precisa ser progressiva e efetiva.”
As estacas talvez não sejam vistas como alto em Austin, mas Voiculescu continua tendo a ambição de ajudar sua comunidade. “ O caminho que eu vejo, nós somos responsáveis por melhorar a vida dos nossos cidadãos, e fazer bem, nós precisamos saber  o que é disponível e como usar isto em nome de Austin,” diz ele. “ Eu quero que nós estejamos prontos para viver nossas visões de estar na cidade mais habitável no país, e uma vez que as coisas mudam rapidamente aqui, isso significa que temos de nos manter como uma das melhores firmas para trabalhar. ”
Muitas destas idéias e práticas podem parecer ordinárias, mas a inovação diária, não tem que ser um produto do treinamento caro, complicado ou do gênio raro. Dito isto, ele requer a mentalidade certa – e talvez um pouco de obsessão.
 
Post traduzido do original 3 Tips on the Art of Everyday Innovation in Civil Engineering e escrito por Angus W. Stocking, L.S.
Fonte: Mundo AEC, por Pedro Soethe
Pro-Systems Informática Ltda © 2017 | Todos os direitos reservados