Início Login Geo-Systems Cad Studio Autodesk
News
Lâmpada de LED que se Dissolve com Algumas Gotas de Água A tendência da eletrônica descartável é um dos motivos que têm levado pesquisadores a buscar um novo tipo de tecnologia.

No tempo do seu avô, as coisas eram feitas para durar. Geladeiras, televisores e rádios iam e vinham da assistência técnica, mas resistiam funcionando por anos a fio. Porém, o ritmo apressado da tecnologia não se interessa por peças de museu. Antes mesmo que as parcelas de um equipamento estejam pagas, um modelo mais moderno chega às lojas, com novas funções que colocam seus antecessores para escanteio. Essa tendência da eletrônica descartável é um dos motivos que têm levado pesquisadores a buscar um novo tipo de tecnologia: um aparelho com data de validade.

 

 

O conceito tem sido tema de pesquisas nos últimos anos, mas somente agora rende os primeiros resultados práticos, com eletrônicos funcionais feitos para sumir. Recentemente, um pesquisador norte-americano revelou que desenvolveu um pequeno diodo de luz que desaparece num passe de mágica. O método do truque, no entanto, não é segredo. Tudo o que o engenheiro Reza Montazami precisa fazer é pingar água sobre o emissor de luz que ele se dissolve como gelatina.

 

O artigo que descreve o feito, publicado no site especializado Advenced Functional Materials, foi apresentado recentemente no encontro da Sociedade Americana de Química. O LED criado por Montazami é feito de um material especial: uma mistura de gelatina e sacarose em uma matriz de álcool polivinílico (PVA), polímero sintético hidrossolúvel. Quando a água entra em contato com o material sensível à água, a luz se apaga e a estrutura se desmancha, virando uma gosma pegajosa. O engenheiro aponta que o polímero solúvel pode ser usado como base para a construção de uma série de eletrônicos.

 

 

Fonte:Correio Braziliense

 

Pro-Systems Informática Ltda © 2018 | Todos os direitos reservados