Início Login Geo-Systems Cad Studio Autodesk
News
Odebrecht promove inovação ao implantar modelo BIM na América Latina com Autodesk Contrato iniciado na América Latina é o primeiro de alcance global da subsidiária brasileira da Autodesk e atende a três continentes

A Autodesk, Inc., líder mundial em software 3D para design, engenharia e entretenimento anuncia que a Odebrecht, um de seus principais clientes, fechou contrato de alcance global para fornecimento de soluções de tecnologia em seus empreendimentos de infraestrutura. A partir de agora a empresa contará com o Autodesk Infrastructure Design Suíte e o Autodesk Building Design Suite nos países da América Latina e África onde há projetos. Com isso, as licenças Autodesk utilizadas pela Odebrecht globalmente superam 2 mil unidades.

Esta é a primeira vez que a subsidiária local, instalada há 19 anos em São Paulo, lidera um acordo global. Isso ocorreu não apenas por uma questão de custo benefício, mas também pelo papel consultivo da Autodesk, que hoje deixou de ser apenas forncedora, para se tornar parceira. Além disso, a empresa está passando por uma mudança na área de engenharia, por conta da utilização da metodologia BIM (Building Information Modeling), o que tem sido essencial para ganhar produtividade e conquistar novos projetos, uma vez que esta é a maneira mais eficiente de prever cenários tanto no projeto quanto no processo de construção.

De acordo com Valter Pinto de Sousa, líder de TI para América Latina da Odebrecht, dois foram os fatores decisórios para a adoção da tecnologia. O primeiro é justamente o fato de a Autodesk buscar entender a cultura da Odebrecht e como apoiá-la a ser mais eficiente e sustentável.

A segunda foi o suporte que a Autodesk oferece no que diz respeito ao legado que a empreiteira deixa em cada comunidade onde há uma obra de infraestrutura. Esse legado envolve principalmente capacitação da mão de obra local, seja por meio de cursos em campo ou parcerias de treinamento. Um exemplo, é que mais de 150 integrantes fizeram o exame de certificação em ferramentas de engenharia e um plano de capacitação está em execução. Com o foco em desenvolver as comunidades onde atua a Odebrecht em parceria com a Autodesk, já foram doadas mais de 120 licenças para uma universidade em Angola e a iniciativa está sendo expandida para outros países.

O objetivo desta parceira vai além de padronizar as soluções usadas para todo o ciclo de vida dos empreendimentos, desde a proposta até a gestão do ativo. De acordo com Sousa, a empresa tem como princípio cultural servir ao cliente. “Nosso objetivo é que a tecnologia não impacte apenas uma área em si, mas que possa ser percebida como fator diferencial de competitividade no dia a dia, seja na questão de acuracidade, no custo e tempo da construção e no detalhamento de todos os aspectos de cada projeto, uma vez que nossos empreendimentos vão além da construção”, afirma.

 

Projetos

A ampliação da parceria entre as empresas começou quando o departamento de TI passou a um foco exclusivo em cada negócio da Odebrecht. Com isso, a Autodesk entendeu que deveria apoiar a liderança de tecnologia não apenas na elaboração de cada projeto, mas no ciclo da tarefa empresarial da construtora. Para isso, a companhia americana passou a ter papel destacado na implantação de um modelo de TI mais consultivo e assim apoiar a proposta de inovação.

Essa proposta envolve 5D, que é a união da visualização tridimensional proposta pelo BIM às dimensões de custo e prazo. Quando todas essas informações podem ser interpretadas juntas, a área de TI consegue apoiar o diretor de contrato efetivamente.

“A ferramenta desenvolvida com a Autodesk será imprescindível como diferencial na busca por maior produtividade na execução dos projetos que lideramos no Peru”, afirma Ricardo Boleira, Diretor Superintendente da Odebrecht Infraestrutura Peru.

O projeto piloto foi implantado no Peru, onde a Odebrecht está liderando a construção de uma hidrelétrica entre os distritos de Chaglla e Chinchao. Ali ficou evidente que é essencial ter pessoas bem capacitadas nas ferramentas como uma alavanca para a produtividade. Uma equipe foi a campo mapear as necessidades daquele empreendimento. Notaram que uma das maiores oportunidades do processo de construção era ter um o fluxo de informações mais eficiente com a empresa projetista e a capacitação da mão de obra local. Aproveitando o expertise da Autodesk em capacitação e certificação, a equipe formada pelas duas empresas implantou treinamentos e orientou a liderança do projeto quanto à adoção do BIM.

“No que diz respeito ao conhecimento, a partir da avaliação de alguns integrantes a Autodesk propôs uma agenda com a qual homologamos o conhecimento do nosso pessoal, tirando o maior proveito das ferramentas que usamos nas áreas de Custos, Planejamento e Engenharia. De igual maneira, a partir do mapeamento das necessidades feitas pela Autodesk, nos encontramos em processo de transformação para a adoção do modelo BIM. Estamos seguros que ele terá um impacto positivo na qualidade dos nossos processos operativos e na satisfação do cliente”, comenta Sergio Panicali, Diretor de Contrato do Projeto Hidrelétrico Chaglla.

Com o sucesso da experiência foram criados modelos para hidroelétrica, rodovias e edificações. O que permite ampliar o programa de forma ágil, consistente e sustentável. Além disto, foi criada a comunidade de conhecimento de CAD/CAE que hoje já possui mais de 250 membros.

De acordo com Juan Carlos Alfonso, gerente de contas técnico da Autodesk, essa adesão às tecnologias que permitem uma visualização mais precisa da obra ilustram o quanto o BIM pode ser a chave para a competitividade em um setor que o detalhe pode render um contrato relevante.

 

Próximos Passos

A ideia é que o contrato global seja expandido para mais países, conforme a Odebrecht conquistar projetos em novas localidades. Além disso, a empresa recentemente passou a integrar o programa de desenvolvedores da Autodesk (ADN) para assegurar a integração de seus softwares e desenvolvimento a partir das soluções BIM.

Os empreendimentos atuais da Odebrecht, inclusive, já estão considerando a adaptação para este novo modelo.

Atualmente há propostas em andamento que, se fechadas, já passam a ser executadas com esta inovação. Com isso, o acordo global pode passar a atingir mais de 20 países onde a construtora atua.

Sobre a Organização Odebrecht - Fundada em 1944, a Odebrecht é uma empresa brasileira com presença global. Líder nos segmentos de engenharia e construção e de química e petroquímica na América Latina, também atua no setor de bioenergia, engenharia ambiental, defesa, imobiliário, óleo e gás, naval, transporte e logística. Presente em mais de 20 países, a Organização integra mais de 175 mil profissionais de 65 diferentes nacionalidades e exporta produtos e serviços para mais de 60 países dos cinco continentes. Em 2012, a Odebrecht registrou uma receita bruta de R$ 84,4 bilhões.

 

FONTE: Brasil Engenharia

Pro-Systems Informática Ltda © 2018 | Todos os direitos reservados